VITÓRIA MODA ANO 1O | 3º DIA

Ei meus amores.

Finalmente e, infelizmente chegamos ao último dia. Gostaria que todos sentissem por algo, o que eu senti quando soube que iria participar e, nesses 3 diazinhos, que foram capazes de me renovar completamente. Deixo aqui, meu agradecimento à todos os organizadores e à todos que sem os quais esse evento não seria o mesmo. Foi bem nítido o empenho e o carinho de cada um em dar o melhor e fazer o melhor e MAIOR EVENTO DE MODA do nosso Espírito Santo.

Vamos então aos desfiles do dia ?

BALÃOZINHO

BALAOZINHO

Fotografia: Cloves Louzada

A marca capixaba, criada em 1980, desfilou pela primeira vez à passarela do Vitória Moda. Com uma proposta lúdica e antenada, destaca-se por suas criações originais e desenvolvidas para dar conforto e estilo às crianças (afinal, a moda é para todos, não é). As peças são produzidas em tecidos de ótima qualidade, sempre sem preocupando em adequar-se as diferentes idades e estações do ano. Além disso, a marca disponibiliza roupas em malha ecológica, proporcionando conforto, além de trazer fibras em materiais reciclados em sua composição.

Para as meninas, vestidos, saias, blusas, shorts e macaquinhos, modelagem mais reta e tendência ombro à ombro, dão um toque moderno e, nas estampas, frutas, flores e listras foram destaque. Já para os meninos, desenhos praianos e tropicais foram marcaram as estampas da nova coleção. Camisas, bermuda em sarja ou microfibra também estavam presentes. Paleta de cores vibrantes e modernas para ambos. Foi um desfile de muita fofura e estilo.

O desfile contou com a presença da atriz LÍVIA INHUDES.

VERÔNICA SANTOLINI

VERONICA SANTOLINI

Fotografia: Cloves Louzada

A coleção “ENCANTOS DO SUL” é inspirada nas belezas e riquezas do sul capixaba. As paisagens naturais, artesanato, agricultura e arquitetura da região emprestam suas cores e formas para criar uma estamparia vibrante.

O casario de Muqui, o artesanato com conchas do litoral, as plantações de banana, laranja, abacaxi e café que se espalham por toda a região, as cachoeiras de Alegre, o voo livre de Castelo e os encantos do Caparaó, inspiram essa coleção.

MALDIVAS BEACHWEAR

MALDIVAS

Fotografia: Cloves Louzada

A marca apresentou a coleção “MILLENNIUM”, que foi inspirada e homenageia mulheres que marcaram a história do mundo. O mix de estampas étnicas foi o destaque da coleção. Com florais, folhagens, listras e lisos dourados, pratas e verde água, a Maldivas Beachwear, em homenagem à suas musas inspiradoras, batizou as estampas EXCLUSIVAS com seus nomes (nomes como Afrodite, Hera, Freya, Frigga e Cleópatra, passeiam pela coleção).

A coleção transmite força, respeito e exalta a beleza das mulheres que trabalham diariamente por seus espaços e continuam a moldar a história da humanidade. Os brincos maxi Camélia e Costela de Adão, em inox, são da NAVARRO ACESSÓRIOS.

SOL DE VERÃO

SOL DE VRAO

Fotografia: Cloves Louzada

A coleção “PACIFIC PARADISE”, é inspirada na paisagem e riqueza cultural das ilhas do Pacífico Sul, Fiji, Samoa, Taiti e Polinésia Francesa. A paleta de cores vibrante mistura os vários tons da natureza exuberante da região.

As pérolas negras do Taiti e seus tons furta cor; a flora pitoresca; o amanhecer emoldurado por paisagens paradisíacas; as areias brancas e águas cristalinas. Também buscaram inspirações nos tecidos típicos, produzidos artesanalmente, trouxeram formas geométricas rústicas, em tons terrosos, preto e branco, contrastando com a intensidade das cores da natureza local.

DUAS

DUAS

Fotografia: Cloves Louzada

A coleção “AHMAR”, trouxe à passarela um pouco das belezas do mar. Inspirada nas cores, na beleza e na leveza das ondas, a nova coleção traduz calmaria, agitação e os mistérios que o mar traz consigo. A coleção apresenta peças clássicas do vestuário feminino, com formas modernas, estampas e detalhes que fazem a diferença.

Os tons neutros do linho, trazem a idéia do clássico, do requinte e do bom gosto, que nossa marca imprime a cada coleção. Também trazendo a esse contexto, a imagem das areias das praias e da tranqüilidade do mar. As estampas corridas, trazem o colorido do fundo mar; a mistura de animais e vegetais , dando assim um toque colorido a coleção. As rendas vêm permeando a cada look trazendo o luxo, a sensualidade, o glamour, e remetendo as redes dos pescadores.

E pra finalizar… A cor preta, a transparência e as estampas localizadas de carcaças de peixes, remetem a poluição, ao mistério, aos desafios que o mar imprime quando revolto. Na passarela, muita pedraria, recortes, bordados e acessórios que lembraram corais.

FLOREST

FLOREST

Fotografia: Cloves Louzada

A coleção “ANFÍBIO”, segue com o intuito de expressar a harmonia e o equilíbrio do homem no ambiente em que vive, seja qual for seu estilo de vida, ele sempre está ligado a alguns de seus elementos vitais. Estando em terra, água doce ou salgada, está sempre explorando de forma positiva esses recursos naturais. Contudo esse é o espírito de um ser anfíbio, que tem em sua essência a liberdade e harmonia. Focado no respeito e preservação ecológica aplicado no seu dia a dia de forma consciente .

O desfile trouxe uma pegada meio surf logo de cara, com composições com shorts e camisetas em tons neutros. A estamparia em folhagens e, frases e acessórios com Madeira REAPROVEITADA (utrópica), reafirmaram o conceito de preservação, proposto pela marca, que parece propor mais do que uma coleção de verão, mas um estilo de vida real.

HAGAEF

HAGAEF1

Fotografia: Cloves Louzada

A coleção intitulada “REFÉNS DO CAOS” remete ao caos vivido pela sociedade nestes últimos tempos – políticos, sociais, econômicos  e ambientais. Com ele os comportamentos subversivos que tiram a liberdade de ir e vir, de viver ou morrer, de chorar ou de sorrir, de acreditar e ter fé que tudo pode ficar melhor, se propagam. Em meio à avalanche de lama que matou o Rio Doce (os peixes, a natureza, a luta pela sobrevivência) fica o grito de socorro e de justiça.

E de repente surge um novo caos: a segurança pública. A vida humana fica exposta nas ruas das cidades, dos bairros, nas portas das casas. Vivemos num verdadeiro campo de guerra…  Armas, tanques, soldados, saques, destruição, insegurança e medo…

HAGAEF2

Fotografia: Cloves Louzada

As roupas têm conceito moderno e sofisticado, onde se explora a modelagem militar e as estampas remetem a esta trajetória. O objetivo é a paz, a liberdade e que os direitos dos homens sejam respeitados. Couro, veludo, spikes, militarismo, mesclagem de tecidos estão na nova coleção. Uma coleção autêntica, poderosa e muito conceitual. Quem disse que moda não pode ser forma de protesto ? A frase “Nós chamamos de ‘meio ambiente’ porque já destruímos a metade?” com toda certeza impactou à todos.

O ponto alto do desfile foi o final, quando um casal muito fofo de idosos desfilou e, demonstraram o amor num beijo lindo, poético e, eu não sei se foi essa a intenção mas, eu senti que o amor pode vencer à tudo.

HAGAEF CASAL

Fotografia: Cloves Louzada

KONYK

KONYK

Fotografia: Cloves Louzada

A KONYK foi pesquisar no mundo da rua o conceito para o desenvolvimento da coleção “VIVER É VER”. O tema explora o sentido de ver, assistir  vestir a proposta de estilo da marca, inspirada na arte de rua e na moda urbana, que influenciaram prints e shapes da coleção. E é nesse cenário que o grafite (uma das formas de expressão da street art, assim como um dos pilares da cultura hip hop) se destaca. A KONYK convidou Ari Lucano (artista gráfico e grafiteiro, cuja arte explora o olhar), para endossar o conceito da coleção.

A arte que se encontra grafitada num muro em Vila Velha é a mesma que desfila através das roupas na passarela. A rua inspira a moda da KONYK, a arte inspira a vida. Viver é ver.

Assim como o muro faz dupla com o grafite, o jeans faz dupla com a camiseta. Essas foram as duplas que estiveram presentes no desfile da KONYK. O jeans, para acompanhar o movimento do corpo no dia a dia da cidade, tem elastano, revelando flexibilidade. Ele aparece tinto, esbranquiçado, puído, rasgado, bordado, silkado… A camiseta da KONYK, que é produzida com fio índigo coordenando com o jeans, surge em modelagens longline e oversized, tingida, bordada e, igualmente, silkada.

KON

Fotografia: Cloves Louzada

Na passarela, Dj, MC, dançarinos, grafite, lenço, bandana, pochete, chaveiro de corrente e RAP, em clima anos 80/90. A KONYK é a única marca presente desde o início do Vitória Moda e, encerrou a 10ª edição do evento, enaltecendo a cultura hip hop.

O destaque do desfile, foi a presença do ator FELIPE ROQUE.

felipe.jpg

Fotografia: Cloves Louzada

E assim terminamos a noite e o Vitória Moda 2017, com um sentimento enorme de gratidão e “dever cumprido”. Espero que tenham gostado.

5 Comments

  • Veronica 1 de agosto de 2017 at 17:28

    Amei o post, logico qie a minha coleção favorita é a que tem o meu lindo nome Verônica, haha, mosdestia a parte, achei todas lindas

    Reply
  • Jaqueline 1 de agosto de 2017 at 17:34

    Que evento top, nossa pelo seu post foi muito incrível mesmo❤❤❤

    Reply
  • Ketlen Aires 1 de agosto de 2017 at 19:09

    Gente muito legal… Adorei a coleção pacific paradise

    Reply
  • jessica 1 de agosto de 2017 at 21:02

    Eu sempre tive vontade de ver um desfile de perto além daqueles que passam na tv, acho que a gente consegue sentir melhor a expressão de cada estilista na roupa.

    Reply
  • Erika Monteiro 12 de novembro de 2017 at 20:25

    Oie, tudo bem? Gente que evento mais incrível. E as coleções? Uma mais linda que a outra. Apesar de já ter morado em MG nunca participei desse evento mas fiquei bem curiosa para conferir as peças bem de perto. Os biquínis estão bem bonitos e as cores também. E as crianças? Como são fofinhas e fotogênicas. O post ficou bem completo, parabéns. Beijos, Érika =^.^=

    Reply

Leave a Comment